Envie carta aos líderes partidários pedindo que incluam reajuste na pauta do plenário da Câmara


Como parte da estratégia de atuação definida na reunião com os sindicatos de base, no final de setembro, a Fenajufe publica a carta abaixo, que deverá ser enviada para todos os líderes dos partidos na Câmara dos Deputados. Após o trabalho feito pela assessoria parlamentar de coleta de assinaturas para o requerimento de urgência urgentíssima, que possibilita que os PLs 4362/12 e 4363/12 sejam apreciados diretamente no Plenário da Câmara, sem passar pelas três comissões previstas no Regimento Interno da Casa, a atuação agora será para garantir o apoio dos líderes para que os projetos entrem na pauta do plenário o quanto antes.

Na carta, já protocolada nos gabinetes de todos os líderes, a Fenajufe reivindica que os projetos sejam incluídos entre as prioridades a serem votadas em plenário até 23 de dezembro deste ano. Para reforçar a reivindicação, a Fenajufe considera que “a não aprovação dos projetos em questão até o final do ano trará prejuízos irreparáveis aos servidores do Judiciário e do Ministério Público, já que não poderão contar com o reajuste a partir de janeiro de 2013, como determinam as proposições”.

Para dar maior visibilidade à campanha e garantir que um maior número possível de mensagens chegue aos parlamentares, a orientação é que todos os sindicatos publiquem a carta em seus veículos de comunicação e orientem que todos os servidores a enviem para os líderes partidários.

Para enviar a carta aos líderes, basta acessar o link da Fenajufe http://www.fenajufe.org.br/index.php/imprensa/ultimas-noticias/fenajufe/689-envie-carta-aos-lideres-partidarios-pedindo-que-incluam-reajuste-na-pauta-do-plenario-da-camara , preencher nome e emails e clicar em enviar.

Confira abaixo todo o conteúdo do texto.

Senhor Líder,

Considerando a impossibilidade de aprovação dos projetos que reestruturam os planos de carreiras dos servidores do Ministério Público e do Judiciário em todas as comissões, até o recesso de dezembro;

Considerando o impedimento legal de editar medida provisória sobre o tema, por se tratar de proposição de iniciativa de outro poder que não do Poder Executivo;

Considerando, ainda, que a não aprovação dos projetos em questão até o final do ano trará prejuízos irreparáveis aos servidores do Judiciário e do Ministério Público, já que não poderão contar com o reajuste a partir de janeiro de 2013, como determinam as proposições;

Considerando, por fim, que há previsão orçamentária para a implementação da reestruturação remuneratória destes servidores;

Solicitamos o apoio de Vossa Excelência para a inclusão dos projetos de lei 4362/12 e 4363/12 entre as prioridades a serem votadas em plenário até 23 de dezembro deste ano.

Respeitosamente,

Fenajufe.