Entidades dos SPFs e CUT reafirmam reivindicação pelo direito à negociação coletiva em reunião no MPOG


As entidades dos servidores públicos federais e a Central Única dos Trabalhadores tiveram, na quinta-feira (10), mais uma reunião no Ministério do Planejamento, com o secretário de Recursos Humanos, Sérgio Mendonça. No encontro, os dirigentes sindicais cobraram do representante do governo o compromisso de continuar as negociações em torno da pauta de reivindicações da campanha salarial das diversas categorias do funcionalismo federal, independente da instalação do grupo de trabalho, que será formado pelas entidades e pelo MPOG e terá como pauta o debate sobre a negociação coletiva no serviço público, entre outros assuntos.
De acordo com Roberto Policarpo, coordenador-geral da Fenajufe que participou da reunião, as entidades deixaram clara a reivindicação pela continuidade dos trabalhos e pelo avanço das negociações de acordo com as demandas de cada categoria. Na reunião, ficou acertado entre os presentes que o prazo de trabalho do GT será de 60 dias, podendo ser prorrogado por mais 30 dias. Ainda não foi acertado, no entanto, o número e quais as entidades que integrarão o GT.
Sérgio Mendonça informou que o Executivo enviará ao Congresso Nacional, nos próximos dias, a Convenção 151 da OIT, que trata do direito à negociação coletiva no serviço público. As entidades continuarão atuando, tanto no Executivo como no Legislativo, para garantir que essa reivindicação dos servidores seja atendida.
No próximo dia 16 de maio, às 15h, a bancada sindical, formada pelas entidades do funcionalismo federal, e a CUT se reunirão, no auditório da Fenajufe, para definir a formação e o método em que serão conduzidos os trabalhos do GT sobre negociação coletiva. Nova reunião foi marcada para o dia 22 de maio com a equipe da Secretaria de Recursos Humanos do MPOG.

Fonte: Fenajufe