Encontro na Fenajufe cria Coletivo dos Oficiais de Justiça


Por Marcela Cornelli

Aconteceu na última sexta-feira (13), na sede da Fenajufe, o encontro de instalação do Coletivo dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais (Cojaf). Dezesseis representantes do segmento participaram da reunião, coordenada pelos diretores da Fenajufe Jorge Machado, José Pereira Neto e Francisco Donizete. Também participou da abertura do encontro o presidente da Fenassojaf (Federação Nacional dos Oficiais de Justiça), Denis Franco, que é da base do Sindjus/DF.

Os estados representados no encontro foram: Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pará, Pernambuco, Maranhão, Paraná, e Santa Catarina, além do Distrito Federal.A criação do Coletivo dos Oficiais de Justiça segue a deliberação da XI Plenária Nacional da Fenajufe, ocorrida no final do ano passado em Teresina/PI.

Na oportunidade, os cerca de 120 delegados aprovaram a criação do coletivo, que terá como principal objetivo tratar das questões específicas do segmento além de organizá-lo para a luta unificada com os demais setores do Judiciário Federal e MPU e dos servidores públicos. Os participantes da reunião aprovaram o regimento interno do coletivo, que define a composição, os critérios de escolha dos membros, a periodicidade das reuniões, o funcionamento do coletivo, dentre outros pontos. De acordo com o regimento, o coletivo será composto por dois representantes sindicalizados do segmento, indicados por cada sindicato filiado à Fenajufe.
Para ser representante no coletivo, o oficial deve corresponder, preferencialmente, a um dos seguintes critérios: diretor executivo que coordene o Núcleo dos Oficiais de Justiça em seu sindicato; diretor executivo do sindicato; integrante da coordenação do Núcleo de Oficiais de Justiça (onde houver); e participante ativo e assíduo do movimento dos oficiais de justiça. Pelo regimento, a reunião ordinária dos oficiais será trimestralmente e convocada com quinze dias de antecedência, de preferência junto com o calendário de reuniões ampliadas e atividades da Fenajufe. O regimento também prevê reuniões extraordinárias sempre que houver necessidade.

Além da aprovação do regimento, os participantes discutiram o plano de lutas específico, a participação do Cojaf no Ciojaf (Coletivo Interfederativo dos Oficiais de Justiça) e os projetos de lei de interesses dos oficiais de justiça.

A próxima reunião do Coletivo está prevista para ocorrer na véspera do V Congresso da Fenajufe, em Maceió.
Fonte: FENAJUFE