Comissão Especial aprova relatório da reforma da Previdência


A Comissão Especial que analisa a proposta de reforma da Previdência – PEC 6/2019 – aprovou o texto-base apresentado pelo relator, deputado Samuel Moreira, do PSDB de São Paulo. A proposta agora vai ao plenário da Câmara e, segundo o presidente Rodrigo Maia (DEM/RJ) deve ser aprovado em dois turnos ainda antes do recesso, com início em 18 de julho. Maia avalia que a PEC já tem os votos necessários pela aprovação. 

Os deputados de Santa Catarina Darci de Matos (PSD), Daniel Freitas (PSL) e Celso Maldaner (MDB), que integram a comissão, votaram a favor do relatório.

O texto aprovado trouxe a idade mínima para aposentadoria em 65 anos para homens e 62 para mulheres, com tempo de contribuição de 20 anos para homens e 15 anos para mulheres na iniciativa privada. No setor público esse tempo é de 25 anos para homens e mulheres. Caíram a capitalização e a desconstitucionalização pretendidas pelo governo.

A Fenajufe orienta aos sindicatos da base que intensifiquem a pressão sobre os parlamentares nas bases eleitorais. Um estudo está em preparação para elaboração de Nota Técnica sobre o texto atual, a ser disponibilizado tão logo esteja pronto. Novas orientações sobre a campanha nacional contra a reforma da Previdência também serão expedidas.

Na pressão

Faça pressão junto aos parlamentares para que a reforma não seja aprovada. Reaja Agora! Veja como clicando aqui.

Ou ainda envie mensagem para o e-mail, redes sociais e whatsapp do deputados de Santa Catarina clicando aqui.

Arte: Sinjusc