Bancários de Florianópolis completam sete dias em Greve


Após o ato de comemoração dos 200 anos do Banco do Brasil em Florianópolis, nesta segunda-feira dia 13 de outubro, na Praça XV de Novembro, centro da cidade, quando bancários em greve montaram um velório em frente à agência central do BB, com caixão e defunto, simbolizando a morte de um trabalhador do banco pelo excesso de metas e pelo desenvolvimento de doenças psicológicas e de esforço repetitivo, a categoria já se preparava para entrar no sétimo dia de greve por tempo indeterminado, nesta terça-feira, dia 14 de outubro.

Até agora não houve nenhuma manifestação da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) em relação à apresentação de uma nova proposta para a categoria. A orientação do Comando Nacional é pela manutenção da greve até a apresentação de tal proposta.

Em todo o país mais de 5 mil agências bancárias estão paradas. Em Santa Catarina, Blumenau aprovou ontem, dia 13, em Assembléia Geral, a adesão à greve nacional. Às 16h30min de hoje, os bancários de Florianópolis fazem nova Assembléia de avaliação da Greve no auditório do antigo Cine Ritz, no Centro da Capital.

“Bancários querem seus direitos, banqueiros querem seu dinheiro.” Sindicato dos Bancários de Florianópolis e Região.

Fonte: SEEB Florianópolis e Região (Osíris Duarte)