Aumento da GAJ representará mais de R$ 350,00 para servidor do STJ em final de carreira


O aumento de oito pontos percentuais da gratificação de atividade judiciária (GAJ) resultará numa diferença de R$ 353,43 para o analista judiciário em final de carreira. Ou seja, aquele funcionário que se encontra no topo da profissão terá acrescido ao vencimento básico o equivalente a 1,36 do salário mínimo.

O técnico judiciário em começo de carreira terá um acréscimo na GAJ de R$ 126,93, menos que um salário mínimo. Esses cálculos foram feitos pelo Superior Tribunal de Justiça e valem apenas para os servidores do tribunal.

Conforme determina a lei já sancionada pelo presidente Lula o pagamento será retroativo ao mês de julho deste ano. Portanto, o STJ terá uma folha de pagamento suplementar prevista para o dia 30 de setembro contemplando os três meses em atraso. A folha de setembro já tinha sido fechada quando a lei foi aprovada no Congresso.

Até novembro de 2005, o valor da GAJ passará dos 20% atuais para 30%, um ajuste de dez pontos percentuais. De acordo com a tabela produzida pelo STJ, o analista judiciário em começo de carreira terá um ganho de R$ 212,00. O técnico judiciário no final da carreira incorporará ao salário R$ 211,61. (Fonte: STJ)