ADMINISTRAÇÃO DO TRT-SC CHAMA SINDICATO PARA FALAR SOBRE DECISÃO DO CNJ


A Administração do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região solicitou a presença do SINTRAJUSC, no final da tarde desta quinta-feira, 17, para tratar da liminar concedida pelo CNJ que determina o desconto dos dias de greve dos servidores que aderiram à paralisação em defesa da reposição salarial da categoria.

O Presidente do Regional, Desembargador Edson Mendes de Oliveira, comunicou ao Sindicato, representado na reunião pelas servidoras Denise Zavarize e Adriana Maria Ramos, que o órgão foi citado nesta quinta para cumprir, no prazo de cinco dias, a decisão do CNJ. Informou ainda que a ele só cabia cumprir a decisão, razão pela qual, a partir do dia 22 de setembro, irá efetuar o corte dos salários.

Esclareceu que, no seu entendimento, a decisão é  ex nunc  e, como a folha deste mês já está finalizada, todo e qualquer desconto dos dias a partir do dia 22 de setembro,  caso não seja firmado acordo satisfatório com a categoria, só será feito no mês de outubro.

Diante deste comunicado, a Assessoria Jurídica do Sindicato foi contatada e já está tomando as precauções necessárias para a defesa do direito de greve dos servidores.

Como a previsão da categoria é de vitória no dia 22, foi pré-agendada reunião com a Administração do TRT para dia 30 de setembro, às 14 horas, com o objetivo de discutir o acordo referente aos dias parados. A reunião apenas se concretizará caso efetivamente, naquela data, a categoria já tenha finalizado o movimento.

Transpareceu, na conversa desta quinta, que há um intuito desta Administração de respeito ao direito de greve e predisposição ao diálogo com os servidores para avançar na negociação dos dias parados ao término do movimento.

A greve continua e esperamos todos os colegas no apagão dos dias 21 e 22, para que sejamos vitoriosos na luta pela derrubada do veto e para garantir a reposição salarial da categoria.