Acampamento na porta do STF cobra que Peluso negocie com Dilma acordo para votar PCS


BRASÍLIA – 14/12/11 – Aproximadamente 200 servidores do Judiciário Federal e do MPU de vários estados estão acampados, neste momento, no gramado que dá acesso ao Supremo Tribunal Federal. O objetivo dos manifestantes é cobrar que o presidente do STF, ministro Cezar Peluso, negocie com a presidenta Dilma Rousseff um acordo orçamentário para votar os PLs 6613/09 e 6697/09, que revisam o salário da categoria.

O acampamento faz parte das atividades aprovadas pelo Comando Nacional de Greve para a tarde desta quarta-feira [14]. À tarde, a partir das 15h, será realizado um grande ato público na Praça dos Três Poderes.

Os servidores, no acampamento, já entoaram palavras de ordem, como “PCS Já”. A atividade também está sendo animada por músicos da categoria e a, estrutura conta com barracas, tendas, cadeiras, faixas e bandeiras.

Para a coordenadora da Fenajufe Jacqueline Albuquerque, o acampamento e o ato desta tarde são parte das manifestações programadas pela Federação e pelo Comando Nacional de Greve. “As atividades de hoje fazem parte da disposição de luta da categoria, que está há mais de 50 dias em greve em 19 estados. Esse momento demonstra a insatisfação dos servidores com a política do governo de reajuste zero e a subordinação do Judiciário, e, portanto, precisamos continuar a nossa luta por uma outra política que atenda as nossas reivindicações”, ressalta Jacqueline.

Fenajufe: Leonor Costa – direto da Praça dos Três Poderes