A greve cresce em todo o país


Veja abaixo o crescimento do movimento a nível nacional.

· A greve do Rio de Janeiro ganhou peso e teve um dia de forte paralisação da categoria, nos principais órgãos da capital.
· Assembléia geral no Rio Grande do Sul aprovou, por unanimidade, a continuidade do movimento grevista até que o governo apresente ao STF uma proposta para a implementação do PCS.
· JF e TRT do Maranhão continuam em greve e TRE adere na segunda.
· Movimento grevista cresce no interior de Minas Gerais com novas adesões no interior do estado, além da participação dos servidores de Belo Horizonte. Já são 12 cidades onde os servidores estão com as portas fechadas e outras nove terão assembléias para aprovar a paralisação das atividades.
· Adesão à greve no Pará e no Amapá aumenta a cada dia. Nesta quinta-feira(01/06), o movimento cresceu com a entrada de mais servidores na paralisação.
· Varas do Trabalho de Vitória decidem parar por tempo indeterminado.
· Greve cresce na JT da Paraíba e já atinge o TRE. Os servidores do Judiciário Federal na Paraíba realizaram hoje pela manhã (01/06), assembléia nas Varas do Trabalho da capital. Eles decidiram fechar todos as portas, apagaram as luzes e saíram em passeata para mobilizar os servidores da sede do TRT.
· Movimento grevista no Piauí consegue novas adesões. Durante a manhã de hoje [01], os servidores do Judiciário Federal, reunidos em frente ao Fórum Trabalhista, decidiram continuar em greve por tempo indeterminado.
· Os servidores da Justiça Federal na Bahia deliberaram realizar greve por tempo indeterminado a partir de amanhã, 2 de junho. Também na Bahia, além da continuidade da greve dos servidores do TRE, os trabalhadores do TRT estão em greve por tempo indeterminado desde ontem.
· São Paulo – Greve continua crescendo no TRT da 15ª Região.
· Os servidores das Varas do Trabalho de João Pessoa, na Paraíba, fecharam seus locais de trabalho e entraram em greve por tempo indeterminado a partir de hoje (1º de junho).