LOGIN DO SÓCIO




Twitter mentiroso do Planalto causa revolta nas redes sociais

Notícias 18/01/2018
Suellen Peixoto - do Sintrajud

O Twitter oficial do Planalto passou a divulgar novos cards da campanha para convencer a população da “necessidade” da reforma da Previdência que vêm causando revolta nas redes sociais. Nas publicações, iniciadas no dia 10 de janeiro, o governo faz ataques mentirosos com o objetivo de reduzir a rejeição à reforma medida pelas últimas pesquisas de opinião, que gira em torno dos 70%. Temer e sua base parlamentar tentam colocar a Proposta de Emenda Constitucional 287/2016 na pauta da câmara dos deputados ainda em fevereiro.

Em um dos posts, o governo afirma que “apenas 30% dos brasileiros – políticos e funcionários públicos de alto escalão – serão atingidos pela PEC da Previdência”. Em outro, chama a população a “desconfiar de quem é contrário à reforma”, pois seriam as pessoas que se aposentariam mais cedo e acumulariam aposentadorias. Um terceiro reafirma a necessidade de “desconfiar de quem é contra, mas irá se aposentar recebendo R$ 25 mil por mês”.

Postado no twitter oficial do Planalto no dia 10 de janeiro

As propagandas mentirosas não aparecem para todas as pessoas na linha do tempo da página twitter.com/@planalto, mas ainda é possível localizá-las na rede usando a #NovaPrevidencia. Procurada para saber o motivo das publicações terem sumido da página, a coordenação do Gabinete Digital do Planalto informou que os posts foram publicados forma segmentada para públicos específicos, por isso não aparecem na timeline do perfil.

Postado no twitter oficial do Planalto no dia 10 de janeiro

O Sintrajusc, assim como outros Sindicatos, está preparando campanha de mídia para esclarecer a população. Mas não é fácil esse combate, em função da concentração de meios nas mãos de poucas famílias e do fato de o governo Temer estar gastando milhões em dinheiro público para convencer os brasileiros a apoiar a reforma. 

Sintrajud com edição do Sintrajusc







Reunião sobre a cobrança dos valores de PSSS não descontado


Listar todos vídeos [+]