LOGIN DO SÓCIO




Governo Temer ameaça com votação da reforma da Previdência semana que vem

Notícias 06/12/2017

A paralisação do dia 5 de dezembro uniu categorias do serviço público e da iniciativa privada de todo o país contra a reforma da Previdência, com destaque para o trabalho dos sindicatos da base de Fenajufe, em especial o Sintrajusc. Nos próximos dias, a orientação do Sindicato é de manter a mobilização, porque a qualquer momento é possível que o governo de Michel Temer e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, pautem o projeto em Plenário. O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS) disse hoje aos jornalistas que a proposta será votada semana que vem.

Nesta quinta haverá reunião do Fórum Catarinense em Defesa dos Direitos, do qual o Sindicato faz parte, para decidir os próximos encaminhamentos da luta. Para resguardar o direito de manifestação dos servidores contra a arbitrariedade do governo Temer, que vai atingir todos os trabalhadores, o Sintrajusc vai protocolar ofício junto às três justiças informando da possibilidade de Greve semana que vem, conforme deliberação de Assembleia realizada nesta terça-feira, 5, no prédio das Varas do Trabalho de Florianópolis. A Assembleia autorizou o Sindicato a tomar as medidas necessárias caso o governo paute o projeto. Assim, em função do feriado na sexta e da necessidade de aviso de greve prévio de 72 horas aos tribunais e à população, as medidas legais já estão sendo tomadas.

A imprensa dia a dia vem reproduzindo o jogo de cena de Temer e de Maia. Temer agora diz que pode não esperar a totalidade dos votos necessários, 308 de 513 votos, mas Maia afirma que só pauta se houver garantia de aprovação. Hoje ele criticou o mapeamento que vem sendo divulgado com os votos dos parlamentares pelo fato de os indecisos se sentirem pressionados. Então, esse trabalho de convencimento deve continuar. Veja aqui os e-mails dos deputados catarinenses indecisos e envie sua mensagem a cada um deles.

Não podemos nos arriscar. Se o projeto da reforma for a plenário, é a nossa vida e a nossa aposentadoria que estão em jogo. Assim, o Sintrajusc pede aos servidores que estejam a postos para mais uma demonstração de força e organização dos trabalhadores do Judiciário Federal catarinense.