LOGIN DO SÓCIO




Mapa dos votos: pressione os deputados contra o projeto de reforma da Previdência

Servidores

Há uma pressão violenta do mercado, de olho no vencimento dos servidores, para votar a reforma da Previdência. A PEC 287/16, da reforma, é a única matéria que o governo de Michel Temer ainda não conseguiu reunir maioria qualificada para aprovar no Congresso Nacional. A proposta está pronta para votação em 1º turno no plenário da Câmara. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse que entre quarta (6) e quinta-feira (7) espera saber se o governo vai ter votos para aprovar a matéria.

O movimento sindical tem resistido e denunciado as mazelas que a aprovação de tal proposta pode provocar na sociedade brasileira. E deve continuar nesse movimento, pois o governo está tentando de todas as formas aprovar a proposta, nos termos apresentados no dia 22 de novembro.

Mapa de votos

Diante deste cenário de incertezas, o DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) divulga o “Mapa de votos” (aqui) com a posição de cada parlamentar sobre o texto a ser votado, bem como sua posição na segunda denúncia sobre o prosseguimento da investigação contra o presidente Michel Temer (PMDB), para que se tenha uma orientação de como o deputado votou anteriormente.

Acompanhe seu parlamentar por este mapa. É preciso procurá-lo para conversar sobre este tema, que é dos mais relevantes para o povo brasileiro. Em Santa Catarina, há oito deputados indecisos:

CESAR SOUZA PSD SC INDECISO PRÓ-TEMER

ESPERIDIÃO AMIN PP SC INDECISO CONTRA-TEMER

GEOVANIA DE SÁ PSDB SC INDECISO CONTRA-TEMER

JOÃO PAULO KLEINÜBING PSD SC INDECISO CONTRA-TEMER

JORGE BOEIRA PP SC INDECISO CONTRA-TEMER

JORGINHO MELLO PR SC INDECISO CONTRA-TEMER

MARCO TEBALDI PSDB SC INDECISO AUSENTE

MAURO MARIANI PMDB SC INDECISO CONTRA-TEMER

Veja os emails e uma sugestão de texto para envio:

dep.cesarsouza@camara.leg.br; dep.esperidiaoamin@camara.leg.br; dep.geovaniadesa@camara.leg.br; dep.joaopaulokleinubing@camara.leg.br; dep.jorgeboeira@camara.leg.br; dep.jorginhomello@camara.leg.br; dep.marcotebaldi@camara.leg.br; dep.mauromariani@camara.leg.br

SUGESTÃO DE TEXTO:
 
Excelentíssimo(a) Senhor(a) Deputado(a) Federal!
 
Nós, servidores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União, gostaríamos de contar com o apoio de V.Exa. no sentido de garantir que não sejam retirados direitos dos trabalhadores brasileiros na reforma da Previdência Social (PEC 287/16) patrocinada pelo governo federal, rejeitando na íntegra a proposta governamental.
 
Entendemos que é urgente e necessária ampla e profunda discussão acerca da arrecadação do Sistema de Seguridade Social Brasileiro e a famigerada desvinculação das receitas da União (DRU), de modo a apurar a real existência de déficit da Previdência no País, divulgado pelo governo em sua campanha como justificativa para as reformas.
 
Assim sendo e ante o exposto, queremos contar com seu apoio para rejeitar qualquer proposta de retirada de direitos dos trabalhadores, sob o risco de arcar pesadamente com o ônus de uma posição sabidamente equivocada de apoio a uma reforma prejudicial à população.
 
Acompanharemos seu voto, e as eleições se aproximam!
 
Cordialmente, ...

 

Fonte: DIAP com edição do Sintrajusc