LOGIN DO SÓCIO




10 DE NOVEMBRO É DIA DE LUTA PARA TRABALHADORES BRASILEIROS

Notícias 08/11/2017

Em assembleia realizada dia 7 de novembro, no prédio dos Gabinetes do TRT, em Florianópolis, servidores do Judiciário Federal decidiram aderir ao ato unificado nacional organizado pelos movimentos sindical e social neste dia 10 de novembro, sexta-feira, em protesto contra as medidas que colocam direitos dos trabalhadores em retrocesso. As principais reivindicações que movem a categoria são a defesa dos serviços públicos, desde a Previdência Social, a Justiça do Trabalho - em risco a partir da Contrarreforma Trabalhista –, a privatização de empresas e bancos estatais, e a defesa direitos dos servidores federais retirados pela edição da MP 805/2017 de 30 de outubro, que suspende acordos de reposição salarial a partir de janeiro do ano que vem dos servidores do Executivo e aumenta o valor da alíquota previdenciária de 11% para 14%, descontada das remunerações e dos proventos dos servidores.

Em Santa Catarina, diversas categorias de trabalhadores nos serviços públicos federal, estadual e municipal pretendem aderir à mobilização para mostrar a insatisfação frente a essas políticas e principalmente à Lei 13467/17, que destrói a CLT e entra em vigor neste dia 11. Na Capital, os servidores no Judiciário Federal vão se reunir às 16 horas em frente ao prédio das Varas do Trabalho, na Beira Mar, e seguir em manifestação para o Ato Unificado, convocado pelo Fórum de Lutas, em frente ao Ticen.

Esse ato será um espaço de cidadania organizado para brecar o desmonte dos direitos que além de atingir nós, servidores, atinge nossas famílias, amigos e milhões de brasileiros. Por isso é importante que todos se façam presentes, seja no ato unificado em Florianópolis, seja nas diferentes cidades do estado. Estão previstos atos em Criciúma, Chapecó, Joinville e Lages.