LOGIN DO SÓCIO




Servidores criticam tentativa de Gilmar Mendes de impor 8 horas e extinguir recesso

Notícias - TRE

Sindicatos dos servidores do Judiciário Federal que tenham em suas bases trabalhadores de Tribunais Regionais Eleitorais serão convocados para uma reunião nacional com o intuito de debater a tentativa do ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, de impor a jornada de 8 horas diárias e extinguir o recesso de dezembro.

A convocação do encontro foi definida na reunião ampliada da Fenajufe, realizada dia 19, em Brasília, que contou com 118 delegados credenciados. De acordo com a resolução, aprovada por consenso, o objetivo é "construir de forma unificada a reação a mais esse ataque vindo do maior algoz dos trabalhadores do Judiciário”. 

Servidor da Justiça Eleitoral no Estado do Rio de Janeiro, o coordenador-geral da Fenajufe Helênio Porto Barros considera a deliberação da reunião ampliada "importantíssima" por apontar uma reação categoria a ameaças que têm como patronos integrantes da cúpula do Judiciário. Para ele, tanto o TSE quanto o TST (Tribunal Superior do Trabalho) têm na Presidência ministros empenhados em retirar direitos e conquistas trabalhistas. 

O dirigente da federação defende não só a convocação urgente de tal reunião, como considera necessário organizar algo similar com relação à Justiça do Trabalho – que tem na presidência de seu órgão máximo um ministro que defende a flexibilização das leis trabalhistas e que chegou a abrir mão de projetos que assegurariam mais servidores e melhores condições de trabalho ao setor.

 
Com informações de Luta Fenajufe Notícias, por Hélcio Duarte Filho